Please reload

Posts recentes

O MÉTODO GDS E SEUS ARQUÉTIPOS

19.04.2011

1/2
Please reload

Posts em destaque

QUIZ - dia 9 a 19 de junho 2015

. 9 de junho de 2015

 

Olá ... Vou publicar mais um QUIZ. Mas antes disso, lembro que o ENIGMA continua valendo. Acredito que muitos "não entraram na brincadeira". Faltou um pouco de AP. Não é verdade ? Alguns encontraram a marca AL e foram procura-la no lugar errado. Acharam que era só "virar" a página do livro e esqueceram da marca. Resultado ... foram parar no lugar errado ! bem ... quem quiser continuar é só me enviar a solução. OK ?

 

Essa vai ser fácil ... o objetivo é lembrar conceitos de base. O comportamento é algo que se materializa na mecânica. E o nosso trabalho é SOBRE A MECÂNICA para que ela se torne "adaptável" e "ajustável" e assim, nos permitir expressar diversos tipos de comportamentos de forma mais justa !

 

... Segundo o Método GDS, os seres humanos, independentemente de raça, sexo e cultura, são constituídos por uma base estrutural comum, composta por três estruturas. Porém, a distribuição destas estruturas difere de um indivíduo para outro. Essas estruturas estão relacionadas a determinados “projetos de base", ou melhor, potenciais.

 

Godelieve Denys Struyf usava a imagem de 3 "potes vazios” de diferentes tamanhos para apresentar a idéia de potencial. Sendo assim, os indivíduos diferem entre si pelo tamanho dos potes que carregam. A partir dessa imagem, temos apenas 2 opções possíveis. Preencher os potes, se o meio em que vivemos permitir. Ou, quem sabe, optar por preencher determinado pote em detrimento dos outros.

 

Sendo assim, nascemos com as ferramentas apropriadas para o preenchimento de nossos potes. Ao todo, temos 6 ferramentas que utilizamos para nos ajustar ao meio físico, familiar e sociocultural. Isso quer dizer que a nossa biomecânica já vem geneticamente programada para facilitar a realização de nosso “projeto de base". Algo nos motiva e nos movimenta psicocorporalmente em uma direção física e psíquica. A essa motivação, Godelieve Denys Struyf deu o nome de ?

 

a) Tríade dinâmica

 

b) Pulsão psicocomportamental

 

c) CROSSFIT

 

 

....................................................................................................................................

 

 

 

. 11 de junho 2015

 

Oi Gente do GDS … Eu irei continuar o raciocínio do QUIZ de ontem, mas gostaria de lembrá-los que a APGDS precisa da sua contribuição. Todos já sabem que a nossa associação não tem fins lucrativos … blá blá blá … e são muitas despesas para se sustentar como empresa. Mas o que importa é que temos um grande PROJETO À REALIZAR. Assim como nós, a APGDS também têm seus “potes” AM, PA e PM. Eles têm um vazio gigantesco pois são do tamanho da expectativa de cada um de nós !

 

Quando as tarefas parecem complexas, lembramos que temos muita PM para sempre seguir em frente mas, sobretudo, somos movidos por um ideal de PA. Não podemos esquecer do AM que nos mantêm em uma unidade bastante sólida e estruturada. Bem ... qualquer dúvida, o conselho diretor encontra-se à disposição para ajudá-los.

 

Seguindo em frente … Se o meio é favorável e nossa mecânica pode se adaptar, teremos mais facilidade de irmos ao encontro de nossos “potes” e preenche-los. Por outro lado, se o ambiente em que vivemos nos afasta de nosso projeto inicial, teremos que usar ferramentas que não vieram pré-programadas. Isso pode ter, como ônus, a criação de marcas corporais que desorganizarão o bom equilíbrio biomecânico. Neste caso, estaremos nos movimentando psicocorporalmente no sentido contrário ao de nossos potenciais. As cadeias musculares que deveriam funcionar, mediando de forma harmoniosa nossas relações psicocorporais, passarão a aprisionar o corpo em um determinado modo de funcionamento, dificultando ( ……… ).

 

a) os alongamentos globais na lemniscata como por exemplo, encostar o QUEIXO no COTOVELO, uma vez que a ausência desse movimento é um sinal patológico gravíssimo de comprometimento neuromotor e psiquiátrico.

 

b) a boa postura (coluna reta e ombros em rotação externa).

 

c) a adaptabilidade mecânica para podermos assumir diversos comportamentos posturais.

 

 

 

 

 

 

 

Um grande beijo para as meninas GDS e um abraço “de longe” nos barbados ! ahhh ... Se você tentou colocar o queixo no cotovelo, além do beijo, deixo uma grande gargalhada ! KKKKKKKKK

 

 

....................................................................................................................................

 

 

 

. 12 de junho de 2015

 

OK Fábia Milman Krumholz … vou tentar dificultar mas gostaria de ficar mais um tempinho nos conceitos. Parece básico mas eu percebo que na hora de entender … Quem é causal, quem é reativo, o que eu deveria estar vendo, quem controla e aonde, faltam elementos para o início do raciocínio. Além disso, o objetivo principal do QUIZ é que todos possam participar e estudar “brincando”. Concorda comigo ?

Então, hoje são 2 etapas. Bom final de semana para todos !!!

 

 

(1) … Nossas cadeias articulares constituem um sistema de três massas (pélvica, torácica e cefálica) e suas três respectivas alavancas. Cabe às alavancas se movimentarem através de pivôs acionados por nossas cadeias musculares. É importante lembrar que todo esse sistema é interdependente. O que acontece em uma massa ou alavanca terá repercussão nos demais segmentos do corpo.

Entre todos os pivôs "mecânicos" encontrados no corpo, cada cadeia muscular possui um, que chamamos de ( …… ). Esse pivô, que também atua na mecânica, se diferencia dos demais, por ser o lugar específico do corpo onde uma motivação se materializará. No instante que acontece uma motivação, é deflagrada a atividade de músculos nesse local, que por reflexo miotático, recrutará todo um encadeamento de músculos específicos. O corpo, então, assumirá uma forma característica dentro da linha de referência GDS.

 

a) pivô primário

 

b) pivô de ajustamento

 

c) pivô de ação

 

 

A (2) é fácil … mas também é difícil. Como estamos no mês de junho, resolvi abrir a temporada do Arraial da APGDS. Será o nosso QUIZ de São João ! Lucia Leibel Swartzman vai ser responsável pela barraca da pescaria, a Angela Beatriz Campani pelo “quentão” e a Renata Ungier de Mayor vai organizar a quadrilha e fará a condução da dança dando os comandos de “olha a chuva … a ponte caiu … anariê !!! ” em Francês. Eu ficarei com a responsabilidade de controlar as cartelas do BINGO.

Essa semana eu estava lendo o livro AM e, por isso, adianto que todas as respostas estarão lá (nada de ENIGMA desta vez, já que apenas 3 completaram). Como funcionará o nosso BINGO ? Segue em anexo a cartela. Observe: Coluna “A” Linha “1” tem um número que se refere a uma figura do livro. OK ? Então, você irá procurar entre as 9 opções da cartela, aquelas que melhor representam a residência … depois o pivô primário e, finalmente, o feudo. Essa brincadeira é de AM e é mais doce que canjiquinha !

 

BINGO ! Como você completou a sua cartela ?

 

a) coluna G

b) coluna D

c) coluna S

d) linha 1

e) linha 2

f) linha 3

g) diagonal \

h) diagonal /

 

 

....................................................................................................................................

 

 

. 19 junho 2015

 

Oi !

 

Selecione V ou F … e não deixe a PA da fogueira baixar no QUIZ de São João ! Anarriê … volte para o BINGO da semana passada !!!

 

1 - O eixo fundamental ou da personalidade é composto por 3 estruturas. São elas: AM, PM, PA.

 

2 - A cadeia anterior e mediana AM está associada à afetividade, à necessidade de amar e se sentir amado, ao sensorial. Esta estrutura psicocorporal tem papel fundamental na construção do ego e da consciência corporal. Do ponto de vista mecânico tem como marcas úteis imprescindível para o bom funcionamento biomecânico global, a verticalização do esterno, o posicionamento da oitava vértebra torácica no ápice da cifose dorsal e os joelhos em “flexo funcional” (manutenção de uma lordose femoro-tibial).

 

3 - A atividade preferencial da cadeia posterior e mediana PM está associada à necessidade de ação, de realização e de desempenho. Esta estrutura tem um papel primordial na verticalização de todos os segmentos corporais e, consequentemente, na manutenção do homem de pé.

 

4 - Já a cadeia póstero-anterior PA, localizada na coluna vertebral e no tronco, tem a função reflexa de manter todas as massas corporais alinhadas a um eixo vertical. É uma estrutura que está relacionada à construção da individualidade, à necessidade de ser e à busca do ideal em todos os níveis.

 

5 - Além das 3 estruturas do eixo fundamental, possuímos outras 3 que fazem parte do eixo horizontal ou relacional.

 

6 - A atividade preferencial da cadeia AL está associada à necessidade de se comunicar com o mundo. Por essa razão, os músculos pertencentes a esta cadeia favorecem a abdução e a rotação externa dos membros, que quando excessiva, gera uma atitude arqueada e desdobrada.

 

7 - Por sua vez, a cadeia PL é caracterizada por um modo preferencialmente seletivo, favorecendo a concentração e a capacidade de manter o "foco" (introspecção / introversão). Essa cadeia favorece a adução, a flexão e a rotação interna dos membros, gerando uma atitude de recolhimento, podendo no excesso, chegar a achatar o corpo no próprio eixo.

 

8 - A sexta cadeia muscular, anterior-posterior AP, tem o papel de flexibilizar e ajustar. Junto com as 2 cadeias do eixo relacional, forma a tríade dinâmica (PL-AL-AP). Sem excesso de nenhuma das cadeias, os movimentos funcionais serão coordenados e estruturados. Junto com a cadeia póstero-anterior PA, formam dois encadeamentos musculoaponeuróticos que geram três atitudes psicocorporais.

 

9 - No seu funcionamento fisiológico, PA e AP permitem o ritmo respiratório, mantém o equilíbrio das massas pélvica, torácica e cefálica em relação ao eixo vertical. A cadeia PA entra em atividade na fase expiratória e a cadeia AP, na inspiratória . Quando essas duas cadeias perdem a sua alternância fisiológica, é gerada uma terceira atitude PA-AP.

 

10 - De um modo bastante resumido, AM cria raízes no chão para termos uma base sólida de sustentação. Isso permitirá a PM, também com um ponto fixo em baixo, suspender, de baixo para cima, todo os segmentos corporais até ficarmos de pé. As ações sinérgicas de AM e PM colocam tensão em PA, que reflexamente, alinha todas as vértebras da coluna ao eixo vertical.

 

Respostas:

 

a) V V V V V F F V V V

b) Todas verdadeiras

c) Todas falsas

d) V V V V V F F V F V

e) V V V V F F F V F V

f) V V V V F F F V V V

 

 

Please reload

Me siga !