Cursos on-line

A KINÉ CENTRO DE FORMAÇÃO é a instituição responsável pela formação no método das Cadeias Musculares e Articulares GDS no Rio de Janeiro. Nossos cursos são reconhecidos pelo Centre Formation Philippe Campignion, na França, de quem somos representantes oficiais.

 

A formação se desenvolve em diferentes modalidades, algumas restritas a fisioterapeutas e outras destinadas aos demais profissionais de saúde e educação.

Desenvolvido a partir dos anos 70, pela fisioterapeuta belga Godelieve Denys-Struyf e o francês Philippe Campignion, o método das Cadeias Musculares e Articulares GDS se caracteriza pela percepção do ser humano em seus múltiplos aspectos, buscando entender as dores e disfunções dos ossos, músculos e articulações dentro de um contexto ampliado. Desta forma, são tratadas as causas do problema, trazendo benefícios duradouros e consistentes. A observação global permite ainda atuar de forma preventiva, pois buscamos compreender os diferentes terrenos que podem favorecer o aparecimento das lesões.

Você conhece as Cadeias Musculares e Articulares GDS? O conceito GDS se define pela precisão anatômica, pelo aprofundamento da análise biomecânica, pelo refinamento da observação, pela globalidade do olhar e pela individualização da abordagem.

Captura_de_Tela_2020-04-17_às_14.06.36.

Este curso tem o objetivo de apresentar uma outra perspectiva da biomecânica humana. É a 1ª etapa da Formação em Cadeias Musculares e Articulares GDS.

 

Godelieve Denys Struyf e Philippe Campignion entendiam que a globalidade que tanto buscamos em nossas práticas profissionais não podiam se restringir apenas aos aspectos mecânicos.

 

O que vem a ser um comportamento postural ?

Durante os nossos 4 dias de encontro, você terá a oportunidade de correlacionar as experiências adquiridas em suas formações anteriores aos conceitos de Cadeias Musculares e Articulares GDS. Acreditamos que, ao final do curso, você conseguirá ampliar o olhar sobre as diferentes morfologias e formas de organizações corporais. Por esta razão, poderá propor estratégias de trabalho que busquem a reeducação global do movimento para a construção de uma fisiologia postural mais justa e adaptável.

Rio de Janeiro, 2º semestre de 2021

Captura_de_Tela_2020-04-17_às_14.36.51.
Captura_de_Tela_2020-04-17_às_21.17.33.
Captura_de_Tela_2020-04-17_às_23.41.18.
Captura_de_Tela_2020-04-19_às_12.11.13.
Captura_de_Tela_2020-04-17_às_21.54.22.
Captura_de_Tela_2020-04-17_às_14.05.51.

Pré-requisito: Ciclo de Introdução e Noções Básicas com graduação em fisioterapia.

Nessa 2ª fase da formação nos Aspectos Biomecânicos, aprofundaremos temas específicos de cada Cadeia Muscular.

 

O aluno desenvolverá um raciocínio clínico biomecânico, a partir da avaliação morfológica e dos terrenos fisiopatológicos. Os objetivos da prática terapêutica são: apresentar estratégias próprias do Método, ampliar o repertório e a precisão de manobras mecânicas em terapia manual e, correlacionar o aprendizado adquirido com as experiências particulares de tratamentos.

 

Ao final do curso, o aluno será capaz de avaliar a relação sintoma, causa e efeito, escolhendo um “fio condutor” de estratégia com maior clareza das ações empregadas.

. Módulo I - cadeia AL:  20 a 22 de maio de 2021 

. Módulo II - cadeia PL: 05 a 07 de agosto de 2021 

. Módulo III - cadeia AM: 23 a 25 de setembro de 2021 

. Módulo IV - cadeia PM: 28 a 30 de outubro de 2021 

. Módulo V - cadeia PA e AP: 02 a 04 de dezembro de 2021

. Módulo VI - Testes e análises: 10 a 12 de fevereiro de 2022

Captura_de_Tela_2020-04-17_às_14.36.21.
Captura_de_Tela_2020-04-17_às_21.17.33.
Captura_de_Tela_2020-04-17_às_23.41.18.
Captura_de_Tela_2020-04-19_às_12.11.13.
Captura_de_Tela_2020-04-17_às_14.06.19.

Pré-requisito: Conclusão do ciclo de Biomecânica GDS – Fisiopatologia e terapia manual.

Nessa última etapa da formação dos Aspectos Biomecânicos GDS, teremos a oportunidade de observar diversos acordos mecânicos que ocorrem entre as Cadeias Musculares por diferentes regiões do corpo.

 

O aluno poderá aplicar um raciocínio clínico de forma bem mais ampliada, uma vez que será capaz de correlacionar diferentes sintomas com as marcas fisiopatológicas encontradas. A avaliação da morfologia e a compreensão das relações de controle-complementaridade segmentares são cruciais para a diferenciação das estruturas que são verdadeiramente causais e, por isso, necessitam de uma reorganização mecânica, daquelas que são reativas e, em muitos casos, são a sede dos sintomas.

 

Ao final do curso, o aluno será capaz de avaliar diferentes situações clínicas e definir estratégias de tratamento segmentares que garantam o funcionamento mecânico e psicocorporal em sua globalidade.

. Módulo I – A Pelve: 04 a 06 de março de 2021

. Módulo II – Os Membros Inferiores: 08 a 10 de abril de 2021

. Módulo III – O Tronco: 06 a 08 de maio de 2021

. Módulo IV – A Coluna Cervical e os Membros Superiores: 17 a 19 de junho de 2021

Captura_de_Tela_2020-04-17_às_14.36.40.
Captura_de_Tela_2020-04-17_às_21.17.33.
Captura_de_Tela_2020-04-17_às_23.41.18.
Captura_de_Tela_2020-04-19_às_12.11.13.

Obrigado! Mensagem enviada.